Busca

Quem está online

Temos 15 visitantes e Nenhum membro online

Hora e Data

Parceiro

Turismo

Conheça alguns pontos turíticos da nossa cidade. Veja algumas fotos. Mais informações entre em contato.

 

Turismo>>

 

 

Alto Columinho 
Um santuário dedicado à São Cristóvão, com duas paredes perpendiculares de tijolos vazados, fica sobre uma das sete colinas de Garanhuns. No caminho percorrido até o santuário, percorre-se uma via sacra com as quinze estações. Do alto, visualiza-se a beleza da paisagem da cidade e o Alto do Magano.

 

Bica do Timbó 
Uma bica formada pelas águas de uma nascente conhecida como "Grota do Timbó" fica a 30,7 km da sede da cidade. Tem cerca de 1,5 metro de altura e é usada para banhos.

 

Casa de farinha do Castainho 
Nesta casa encontram os objetos utilizados para o fabrico de farinha de maneira artesanal. Uma caixa de madeira, chamada de "cevador", a prensa, o rodeto e o forno em formato circular de alvenaria e o rodo, usado para mexer a farinha são os principais "equipamentos".

 

CASTELO DE JOÃO CAPÃOCastelo de João Capão 
Construído por um trabalhador que ambicionava morar num castelo medieval, o castelo de João Capão fica à margem da BR-423, com entrada ao lado do Posto Nogueirão. Durante o "Festival de Inverno" o castelo transforma-se em restaurante.

 

 

Cachoeira de Inhumas 
Distante 300 metros da barragem, a cachoeira tem três quedas. A primeira tem cerca de 3 metros, a segunda tem 1,5m e a terceira tem cerca de 15 metros. O trecho superior da cachoeira, onde há piscinas naturais, é balneável.

 

CENTRO CULTURAL ALFREDO LEITE CAVALCANTECentro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti 
Construção do século 19, o centro cultural é um exemplar da arquitetura inglesa. Tem características semelhantes às edificações da rede ferroviária. 
Sua fachada tem três portas e quatro janelas, todas com treliças no alto e protegidas por meia grade de ferro batido. Do terraço do prédio é possível avistar o trem. 
A construção foi restaurada pelo prefeito Luís Souto Dourado e transformada, em 1979, em centro cultural. Tem espaço para teatro, sala de história da imprensa, museu, sala de memória, casa do artesão e galeria de artes.

 

CRISTO DO MAGANOCristo do Magano 
Em 1954, uma imagem de Cristo crucificado, com quatro metros de altura, foi esculpida pelo artista Renato Pantaleão. Fica a 1.030 metros de altitude, sobre um mirante em forma de fortaleza de pedra. É o Cristo mais alto do Brasil em altitude.

 

 

ESPAÇO CULTURAL LUIS JARDIMEspaço Cultural Luis Jardim 
O espaço é uma homenagem ao poeta, escritor, jornalista e pintor. Fica na avenida Santo Antônio. Reúne a história de Garanhuns.

 

 



Fonte Luminosa Fonte Luminosa 

Localizada na praça Souto Filho, tem canteiros floridos e arborização acolhedora. No final da tarde, os pássaros passam pela fonte e acolhem nas palmeiras imperiais.

 

 

Igreja do Timbó 
A igreja do Timbó é a mais antiga de Garanhuns. Sua construção está associada a uma imagem de Nossa Senhora de Nazareth, que teria sido trazida da Bahia por um negro escravo fugido do cativeiro, entre 1650 e 1700. 
O escravo teria se juntado a outras famílias negras para erguerem a pequena igreja, em homenagem a Santa. 
A igreja do Timbó foi construída num plano elevado em tijolo artesanal. No altar-mor há apenas um santuário em tijolo rebocado com a imagem de Nossa Senhora de Nazareth.

 

IGREJA MATRIZ DE SANTO ANTONIOIgreja Matriz de Santo Antônio 
A igreja terminou de ser construída em 1859, mas foi reconstruída em 1872. Sua fachada tem cinco portas em madeira com arcaduras de massa e elementos decorativos em massa. Há duas janelas à altura do coro, dois óculos com vitrais e torre quadrangular com um campanário. No alto fica a imagem de Santo Antônio -esculpida em concreto por João Bina, artista de Quipapá.

 

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO PERPETUO SOCORROIgreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 
Construída entre 1957 e 1962 teve projeto arquitetônico do engenheiro Albert Reithler e de Pierre Reithler. Para ser erguida, houve participação do povo, que contribuiu com doações de material de construção. 
Foi inaugurada oficialmente no dia 8 de dezembro de 1962, quando a torre, calçada e o piso estavam prontos. Depois da inauguração, os trabalhos de acabamento continuaram. 
A torre sineira foi construída na década de 70 e fica na parte externa da igreja. Uma imagem de Santo Afonso adorna a igreja. Nos altares há painéis com azulejos e crucifixo com a imagem de Cristo.

 

Monumento do Ypiranga 
Também chamado de "pirulito", tem forma de obelisco. A obra foi feita para comemorar a independência do Brasil. Fica no alto da Boa Vista.

 

Mosteiro de São Bento 
A construção, que data de 1940, foi feita em tijolo aparente e lembra os mosteiros beneditinos. Árvores grandes, como pinheiros e flamboyant, ficam em volta do mosteiro. Uma cruz em relevo numa grande torre na entrada chama a atenção. Tem claustro, cripta e uma capela moderna. 
A capela, os vitrais e um painel que faz alusão ao apocalipse são obras do paulista Cláudio Patos. 
O Mosteiro funciona como escola de formação de monges e fabrica hóstias. Há também uma loja onde os beneditinos vendem sírios, ícones, pinturas e licores artesanais de jenipapo, chocolate e ameixas.

 

Parque Euclides Dourado Parque Euclides Dourado 
Cheio de eucaliptos, a área tem cerca de oito hectares. O centro desportivo tem quadra de futsal e de basquete, pista de cooper, rampa de skate, playground e abriga também a biblioteca municipal Luís Jardim.

 

 

Parque Ruber van der LindenParque Ruber van der Linden 
O parque foi montado onde ficava a companhia de abastecimento de água e luz de Garanhuns, administrada pelo engenheiro Ruber van der Linden. 
Foi reformado em 1994 e atualmente é um parque arborizado, com flores raras, lagos, fontes de água, grutas e pássaros.

 

Povoado do Castainho 
Esta é uma comunidade negra remanescente do Quilombo dos Palmares. A área é explorada pelos membros da comunidade, que plantam milho, feijão, mandioca e fruteiras. 
As 183 famílias, que moram em casas de taipa ou alvenaria, preservam as tradições culturais, costumes e a experiência de trabalho coletivo. Produzem farinha, goma e puba de mandioca. 
Para resgatar a tradição cultural mantêm a dança "samba de coco" e a festa "Mãe Preta". No "Festival de Inverno" o povoado recebe apresentações.

 

Praça Souto Filho 
Por sua localização e dimensão, a praça é muito freqüentada pela população local e por visitantes. É calçada com lajotas de ardósia, tem canteiros floridos e uma fonte luminosa. 

 

Praça Dom Moura

Praça Dom Moura 
A praça é grande e arborizada. Além dos canteiros floridos, tem no centro um carramanchão, com colunas de cimento em uma base arredondada, semelhante a um palco romano.

 

 


Praça da Bandeira Praça da Bandeira 
Canteiros floridos e árvores de médio e grande porte dão graça à praça. No centro, há um carramanchão de buganville, construído em cimento. 

 

 


Praça Tavares Correia 

Por ser florida e gramada, a praça é um dos cartões postais da cidade. É nesta praça que fica o "Relógio de Flores". Há também um busto de bronze de Tavares Correia.

 

 

Relógio de Flores Relógio de Flores 
Construído em 1979 na praça Tavares Correia, é o único no Norte e Nordeste. Temmees.